18.5.08

também temos saudade do que não existiu
e dói bastante...

Nenhum comentário: