3.2.12

É que jardins são exaustivos feito relações humanas. Tem que cuidar todo dia, regar, podar, arrancar erva daninha, expulsar caramujo do mal, formiga temática, pragas mais diabólicas que o vírus Ebola. Planta malcuidada fenece que nem amizade sem trato.


(Caio F. Novas notícias de um jardim ao sul,
in: Pequenas Epifanias)

Um comentário:

Guilherme disse...

Qual contentamento não é esperar da semente, as suas cores? O perfume também carrega um espinho. Celebremos os dois, ainda que doa, ainda que canse, porque também sublime.